Através dos ensinamentos de Cristo podemos edificar nossa família nos firmes alicerces de valores e princípios fortes o suficiente para suportar as tempestades da vida. Estaremos edificando nosso lar sobre a rocha, assim como Cristo relata em Mateus 7:24-25: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram os rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”.

Falando em praticar, esse é um ponto muito falho para os que se denominam cristãos. Digo isso pois os papeis estão totalmente invertidos nos lares.
Vejamos alguns exemplos.

1- Os maridos não são o cabeça, não assumem a responsabilidade.
2- As esposas acham que são maridos e dominam tudo e a todos.
3- Os filhos não honram os pais.
4- Os pais não respeitam os filhos.
5- Os filhos não saem da casa dos pais mesmo depois de casados.
6- Os pais querem controlar a vida dos filhos mesmo depois de casados.
7- As esposas não conseguem se por no seu lugar, vive com mimimi pra ka e mimimi pra lá.
8- Os Maridos parecem mais bichos do que gente pela forma que tratam suas esposas e filhos.

Posso ficar colocando dezenas de centenas de pontos que não terá fim. A questão maior é: Você escuta e pratica a palavra de JESUS? Tenho certeza que a maioria escuta constantemente, mas na prática, quem pratica realmente é a minoria absoluta.

Quando você descobrir o seu papel e se alegrar com ele, as coisas em sua vida se ajeitarão, mas enquanto você quiser fazer aquilo que não foi chamado pra fazer, continuará em meio a tempestades de ideias e pensamentos malignos que tiram sua vida e sua casa do propósito.

Lembre-se de uma coisa, seu ministério começa na sua casa.

Beijo no coração.
Fique na graça.

Pr. Bruno

Comentários

Categorias: Devocional

Douglas Oliveira Rodrigues

Sou jovem, profissional de TI, sei aproximadamente 6 acordes de violão, cristão, adorador, e apaixonado pelo Senhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: